Podengo Português

O Cão de Guerra Português é um tipo de cão primitivo originário de Portugal. É conhecido pela sua morfologia ágil e atlética, pelas suas grandes orelhas erectas e pelo seu temperamento enérgico e alerta. É um excelente caçador e um companheiro corajoso.

Detalhes gerais

Existem três variedades de Warren Hound Português consoante o tamanho e o peso. A variedade pequena mede entre 20 e 30 centímetros e pesa entre 4 e 6 quilos. A variedade média pesa entre 16 e 20 quilogramas e mede entre 40 e 54 centímetros. Finalmente, a variedade grande pesa entre 20 e 30 quilogramas e mede entre 55 e 70 centímetros. A sua esperança de vida é de 10 a 15 anos. O Cão de Guerra Português pertence ao Grupo 5 da Fédération Cynologique Internationale (FCI), que inclui os cães do tipo Spitz e Primitivo.

Breve história da raça

O Cão de Guerra Português é um tipo de cão primitivo com uma história enraizada na antiguidade. A sua linhagem remonta aos antigos cães introduzidos na Península Ibérica pelos fenícios e romanos. Ao longo dos séculos, este cão foi influenciado pelos cães que acompanhavam os mouros nas suas invasões, o que contribuiu para a sua evolução e adaptação ao terreno e clima de Portugal. Com uma morfologia adequada ao seu papel de cão de trabalho, o Podengo Português destacou-se na caça ao rato nas caravelas dos navegadores portugueses desde o século XV. A sua versatilidade, acuidade sensorial e adaptabilidade valeram-lhe um lugar importante na cultura e tradição portuguesas. Atualmente, o Cão de Guerra Português continua a ser apreciado como cão de trabalho no seu país de origem e ganhou popularidade como companheiro de família em todo o mundo.

Características da raça

O Warren Hound Português tem uma cabeça proporcional ao corpo, com um crânio ligeiramente abobadado e um focinho afilado. As orelhas são grandes, erectas e pontiagudas, o que lhe confere um aspeto alerta e atento. Os olhos são ovais e expressivos e a coloração varia do mel ao castanho. Existem duas variedades de pelo: curto ou comprido. O pelo curto é liso e brilhante, enquanto o pelo longo é mais áspero e denso. O pelo curto é mais abundante do que o pelo comprido. Em termos de coloração, pode ser encontrado numa grande variedade de tonalidades, que vão do amarelo ao fulvo, com ou sem manchas brancas, ou branco com manchas amarelas ou fulvas. Quanto ao temperamento do Cão de Guerra Português, é corajoso, enérgico e cheio de vida. São caçadores naturais e têm grande agilidade e resistência. São inteligentes e distinguem-se pela sua capacidade de aprendizagem, embora por vezes possam ser independentes e teimosos. A sua natureza protetora torna-o um bom guardião do lar.

Doenças comuns

A informação sobre as doenças mais comuns no Cão de Guerra Português é limitada. Mesmo assim, é provável que esteja predisposto a algumas das doenças mais comuns dos cães, como a displasia da anca, a luxação patelar, a doença periodontal, as cataratas e as alergias cutâneas.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava