Pastor Finlandês da Lapônia

O pastor finlandês da Lapónia é uma raça de cães de trabalho originária do norte da Finlândia. Conhecidos por serem excelentes cães de pastoreio e companheiros leais, estes cães são uma raça conhecida pela sua força e resistência em condições extremas.

Detalhes gerais

O pastor da Lapónia finlandês é um cão de tamanho médio, com um peso de cerca de 25 a 30 quilos e uma altura entre 40 e 55 centímetros ao garrote. A sua esperança média de vida é de 12 a 15 anos. Pertence ao grupo 5 (cães de tipo Spitz e Primitivo) segundo a Fédération Cynologique Internationale (FCI).

Breve história da raça

O cão pastor da Lapónia finlandesa é uma raça antiga originária da região da Lapónia, no norte da Finlândia, onde foi utilizado durante séculos como cão de trabalho para pastorear e proteger os rebanhos de renas do povo indígena Sami. A sua inteligência e capacidade de adaptação a ambientes frios tornam-no adequado para tarefas como o pastoreio, a busca e salvamento e o trabalho terapêutico. Ao longo da história, a raça foi conhecida por vários nomes, incluindo "Lapinporokoira", que significa "cão das renas da Lapónia", e "Suomenlapinkoira", que significa "cão da Lapónia finlandesa".

Características da raça

O Pastor da Lapónia finlandês é um cão de tamanho médio, com um aspeto forte e robusto. A cabeça é larga e ligeiramente cuneiforme, com orelhas triangulares e erectas. A sua pelagem é densa e áspera, com um subpêlo macio que lhe permite adaptar-se às condições climáticas extremas do seu local de origem. A cor da sua pelagem é predominantemente preta, com marcas brancas no peito e nos membros. O Pastor da Lapónia Finlandês é uma raça conhecida por ser amigável, dócil e leal. São cães inteligentes e obedientes, o que os torna fáceis de treinar. São muito protectores da sua família e do seu território, demonstrando um forte instinto de guarda. São cães enérgicos e activos, que gostam de participar em actividades ao ar livre.

Doenças comuns

A raça do cão pastor da Lapónia finlandesa pode ter algumas doenças genéticas, como a displasia da anca, a displasia do cotovelo e a atrofia progressiva da retina. Podem também ser propensos a doenças como a torção gástrica e a epilepsia.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava