Norwich Terrier

O Norwich Terrier é uma encantadora raça britânica de cão de pequeno porte e pelagem áspera. São conhecidos pelo seu carácter corajoso e amigável, bem como pela sua aparência distinta e expressiva.

Detalhes gerais

Em termos de peso, varia geralmente entre 5 e 5,5 quilogramas para os machos e entre 4,5 e 5 quilogramas para as fêmeas. Em termos de altura, tem cerca de 25 centímetros na cernelha. Em termos de esperança de vida, estima-se que os Norwich Terriers vivam em média entre 12 e 15 anos. De acordo com a Fédération Cynologique Internationale (FCI), pertence ao Grupo 3: Terriers.

Breve história da raça

O Norwich Terrier é uma raça de cão de origem britânica que remonta ao século XIX. Acredita-se que descende de cães de quinta e de terriers de caça utilizados no controlo de pragas e na caça de pequenos animais. Com o nome da cidade de Norwich, em Inglaterra, onde a raça foi desenvolvida, os Norwich Terriers foram, ao longo da história, valorizados pela sua capacidade de caçar ratos e outros roedores, tornando-os importantes companheiros nas quintas e nas casas. O seu tamanho compacto e a sua coragem tornaram-no ideal para trabalhar em espaços confinados e para enfrentar animais escavadores. Atualmente, o Norwich Terrier deixou de ser essencialmente um cão de trabalho para se tornar um animal de estimação popular.

Características da raça

O Norwich Terrier é um dos cães terrestres mais pequenos, de membros curtos e compactos. A cabeça é em forma de cunha e as orelhas são de tamanho médio, em forma de V e pendentes, os olhos são ovais, de cor escura e expressão alerta, e a cauda é erecta. Os olhos são ovais, de cor escura e expressão alerta, e a cauda é erecta. A pelagem é áspera e densa, e as cores características da raça incluem o vermelho, o amarelo e o preto. Alguns cães podem ter manchas ou marcas brancas no peito e nas pernas. Os Norwich Terriers são conhecidos por serem cães enérgicos, corajosos e amigáveis. Eles são alertas e têm uma atitude animada, o que os torna bons cães de alerta. São afectuosos e leais às suas famílias, e podem dar-se bem com outros animais e crianças se forem devidamente socializados.

Doenças comuns

Algumas das doenças mais frequentemente observadas nesta raça incluem atopia, cataratas, distrofia da córnea, cãibra escocesa, displasia da anca e luxação patelar.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava