Leonberger

O Leonberger é uma raça de cão de grande porte e aparência majestosa, conhecida pela sua personalidade amigável e gentil. É um cão trabalhador e leal que tem sido utilizado como cão de salvamento e de serviço em todo o mundo.

Detalhes gerais

O Leonberger é uma raça de cão grande e poderosa, que pode pesar entre 45 e 77 quilogramas e ter entre 65 e 80 centímetros de altura ao garrote. A sua esperança média de vida é de 8 a 9 anos. De acordo com a Fédération Cynologique Internationale (FCI), esta raça pertence ao Grupo 2, que inclui os cães do tipo Pinscher e Schnauzer, os Molossers e os cães suíços de montanha e de gado.

Breve história da raça

O Leonberger é uma raça de cães de origem alemã, criada por Heinrich Essig, um criador de cães da cidade de Leonberg, no século XIX. Foi criado através do cruzamento de cães de São Bernardo, Terra Nova e Grandes Pirinéus. Nos seus primeiros anos, o Leonberger tornou-se um cão popular entre a nobreza e a aristocracia europeias e era conhecido pela sua inteligência, lealdade, água e capacidade de caça. Atualmente, o Leonberger é popular como cão de companhia e é também utilizado como cão de trabalho em áreas como a terapia, o salvamento e a proteção.

Características da raça

O Leonberger é uma raça forte, com um peito largo e profundo, pernas rectas e musculadas. Os olhos são castanhos, ovais e de tamanho médio, e as orelhas são de tamanho médio, pendentes e bem ajustadas. A cauda é portada pendendo diretamente para baixo, mas durante o movimento pode ser ligeiramente dobrada sem ultrapassar a linha dorsal. A sua pelagem é densa e macia ao toque, com um revestimento exterior resistente à água, que pode ser amarelo-areia, vermelho, castanho-avermelhado ou castanho-amarelado. É uma raça de cão caracterizada pelo seu temperamento dócil e afetuoso, o que a torna um excelente animal de companhia e um versátil cão de trabalho. Adapta-se facilmente a diferentes condições, é muito afável com as crianças e é obediente e destemido.

Doenças comuns

O Leonberger é uma raça propensa a algumas doenças genéticas, incluindo displasia da anca, displasia do cotovelo, torção gástrica e doenças cardíacas. Para além das condições acima referidas, o Centro de Informação sobre a Saúde dos Caninos (CHIC) da OFA (Orthopaedic Foundation for Animals) recomenda um exame de rastreio cardíaco e oftalmológico, bem como uma série de testes para avaliar as seguintes doenças: polineuropatia do Leonberger 1, 2 e 3, tiroidite autoimune e leucoencefalomielopatia.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava