Komondor

O Komondor é uma raça de cão grande e musculada originária da Hungria. Distingue-se pela sua pelagem longa e encaracolada que se assemelha a uma massa de pelo. É um cão protetor e corajoso, com grande lealdade à sua família.

Detalhes gerais

Os machos medem entre 70 e 80 centímetros de altura ao garrote e as fêmeas entre 65 e 75 centímetros. Em termos de peso, os machos pesam normalmente entre 50 e 60 quilos, enquanto as fêmeas pesam entre 40 e 50 quilos. A esperança média de vida do Komondor é de cerca de 10 anos. O Komondor está classificado no Grupo 1 da Fédération Cynologique Internationale (FCI), que inclui os Cães de Pastor e os Cães de Gado (exceto os Cães de Gado Suíço).

Breve história da raça

O Komondor é uma raça de cão originária da Hungria, onde foi utilizada durante séculos como cão de guarda de rebanhos e protetor da propriedade e da família. A história do Komondor remonta à Idade Média, embora se acredite que a sua origem esteja nos cães pastores tibetanos que foram trazidos para a Hungria pelos nómadas magiares. Durante séculos, os Komondors foram criados nos territórios húngaros para proteger os rebanhos de ovelhas e gado contra os predadores. Devido ao seu tamanho, força e bravura, eram capazes de enfrentar lobos e outros animais selvagens que ameaçavam a segurança do rebanho. Atualmente, o Komondor é utilizado principalmente como cão de companhia e de guarda.

Características da raça

O Komondor caracteriza-se por ser um cão grande e forte, com uma cabeça grande e larga e uma mandíbula poderosa, com orelhas caídas e olhos escuros e expressivos. A pelagem do Komondor é longa, encaracolada e de cor branca, embora com o tempo e a exposição ao sol possa tornar-se mais amarelada ou acinzentada. Esta pelagem é também uma caraterística que torna esta raça de cão única, exigindo cuidados especiais, nomeadamente a escovagem e a separação do pelo para evitar a formação de nós e manter o seu aspeto distinto. Esta raça caracteriza-se pela sua lealdade e coragem, tornando-se um excelente cão de guarda de bens e da família. Cão desconfiado por natureza, vigilante e atento, considera a sua área de domínio como sua e não permite a presença de estranhos.

Doenças comuns

Entre as doenças que mais frequentemente afectam esta raça estão as doenças ortopédicas, como a displasia da anca e a displasia do cotovelo, a dilatação vólvulo-gástrica, o hipotiroidismo e a doença de Addison.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava