Dingo

O Dingo é uma raça de cão selvagem originária da Austrália. Algumas das suas características mais distintivas são a pelagem curta, densa e cor de areia, as orelhas pontiagudas e o focinho comprido. São inteligentes e altamente adaptáveis, o que os torna excelentes predadores e sobreviventes na natureza.

Detalhes gerais

Os cães desta raça são de tamanho médio e de aspeto atlético. O peso varia entre os 13 e os 24 quilogramas, enquanto a altura varia entre os 52 e os 60 centímetros. A esperança de vida desta raça não está bem documentada, uma vez que se trata de uma raça de cão selvagem e não vive habitualmente em cativeiro, no entanto, pensa-se que pode viver entre 10 e 12 anos. Não é reconhecida pela Fédération Cynologique Internationale (FCI).

Breve história da raça

O Dingo é uma raça de cão selvagem originária da Austrália e estima-se que tenha chegado ao país há mais de 3.450 anos. Os dingos viveram com os aborígenes australianos durante milénios, estabelecendo uma relação próxima. Os aborígenes usavam a raça para uma variedade de tarefas, incluindo a caça, companhia e fins espirituais. Os dingos são os maiores predadores da Austrália e atacam uma grande variedade de animais, incluindo gado e ovelhas. No século XIX, os colonos europeus começaram a ver os dingos como uma ameaça para o seu gado e começaram a caçá-los e a envenená-los. Como resultado, a população diminuiu e eles foram declarados uma espécie de praga em várias áreas da Austrália. Atualmente, a raça é uma parte importante da biodiversidade da Austrália e está protegida em algumas áreas. No entanto, continua a haver controvérsia sobre a forma de gerir a sua conservação, uma vez que alguns os consideram uma ameaça para a vida selvagem e para a indústria pecuária.

Características da raça

O Dingo é um cão esguio e robusto. As articulações dos ombros são flexíveis, o que lhes permite trepar terrenos difíceis. O crânio é em forma de cunha e parece grande em comparação com o resto do corpo. O focinho é pontiagudo, as orelhas são erectas e a cauda é espessa. Os olhos são amendoados e podem ser de diferentes tonalidades de castanho. A pelagem é geralmente curta e grosseira, com um subpêlo denso que actua como isolante térmico. As três principais colorações da pelagem são o vermelho claro ou bronzeado, o preto e bronzeado e o branco-creme. A pelagem pode variar consoante o local de residência do Dingo. Temperamentalmente, o Dingo é uma raça inteligente e independente. São capazes de se adaptar a uma grande variedade de ambientes, desde o acidentado outback australiano até aos ambientes urbanos. São também caçadores muito hábeis e têm um forte impulso de presa, o que pode dificultar o seu treino e socialização. Os dingos são conhecidos pelos seus fortes instintos de rebanho e são animais muito sociais.

Doenças comuns

O Dingo é uma raça de cão selvagem que não tem um padrão de raça estabelecido nos principais clubes de canis, pelo que existe pouca informação disponível sobre os problemas de saúde genéticos da raça. No entanto, sendo parentes próximos dos cães domésticos, partilham certas condições de saúde, como a displasia da anca e problemas dentários.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

Promoção Dia do DNA

Só até 25 de Abril

-15% nos nossos testes de ADN para cães

Utilize o nosso código DNA15