Collie

O Collie é uma raça de cão escocesa, criada principalmente para pastoreio. Caracteriza-se pela sua pelagem longa e fluida caraterística e pelo seu temperamento amigável, gentil e leal. Para além disso, tem sido amplamente conhecido e apreciado graças à sua participação na televisão e no cinema.

Detalhes gerais

A raça é de tamanho médio e tem uma estrutura física robusta. Os machos podem pesar entre 27 e 34 quilogramas, enquanto as cadelas podem pesar entre 23 e 29,5 quilogramas. A altura dos machos varia entre os 61 e os 66 centímetros, enquanto a altura das cadelas varia entre os 60 e os 61 centímetros. Estes cães têm normalmente uma esperança de vida de 12 a 14 anos e ainda não foram reconhecidos pela Fédération Cynologique Internationale (FCI).

Breve história da raça

O Collie é uma raça de cão originária da Escócia, que era utilizada principalmente como cão pastor para guiar e proteger o gado e as ovelhas. Em meados do século XIX, a Rainha Vitória de Inglaterra apaixonou-se pela raça depois de a ter visto numa exposição canina e começou a criá-la, o que contribuiu para a sua popularidade não só em Inglaterra, mas em todo o mundo. No século XX, o Collie tornou-se ainda mais famoso graças ao romance "Lassie Come-Home" e às suas adaptações cinematográficas e televisivas, que tornaram a raça reconhecida e amada por muitas pessoas. Atualmente, os Collies continuam a ser populares e são apreciados pela sua inteligência, beleza e lealdade.

Características da raça

O Collie é um cão robusto e elegante, com um peito profundo. Os seus olhos são de tamanho médio, amendoados e de cor escura. As orelhas são dobradas para trás longitudinalmente, embora sejam levantadas em alerta, deixando um quarto da orelha inclinado para a frente. A sua longa cauda, em repouso, é portada pendurada, com uma ondulação ascendente na extremidade, ao passo que, se o cão estiver excitado, é portada alegremente. A pelagem é dupla, com um pelo exterior liso e áspero e um subpêlo macio, denso e cerrado. A pelagem é abundante em todo o corpo, exceto na cabeça e nos pés. As cores reconhecidas são a zibelina e o branco, o tricolor, o azul merle e o branco. Todas as cores têm marcas brancas, mas variam na tonalidade e na presença de bronzeado na cabeça e nas patas. O temperamento do Collie é amigável e gentil, sendo especialmente leal aos seus donos e desejoso de agradar. Tem uma boa relação com crianças e outros animais de estimação e pode ser um excelente cão de família, facilmente treinado. Os Collies também são frequentemente utilizados como cães de terapia devido à sua natureza calma e sensível.

Doenças comuns

A raça caracteriza-se por uma boa saúde. No entanto, são propensos a desenvolver certos distúrbios ou patologias como o penfigoide bolhoso, a hematopoiese cíclica canina, a catarata, a abiotrofia cortical cerebelar, a anomalia ocular do Collie, a distrofia da córnea, a surdez, a demodicose, dermatomiosite, epilepsia idiopática, anemia hemolítica imunomediada, lúpus eritematoso, microftalmia, persistência do canal arterial, pênfigo foliáceo, membrana pupilar persistente, atrofia progressiva da retina e displasia da retina. Para além das doenças supramencionadas, o Centro de Informação sobre a Saúde dos Caninos (CHIC) da OFA (Orthopaedic Foundation for Animals) recomenda o rastreio da sensibilidade a múltiplas drogas e da dermatomiosite.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

Promoção Dia do DNA

Só até 25 de Abril

-15% nos nossos testes de ADN para cães

Utilize o nosso código DNA15