Cão fazendeiro da Dinamarca e Suécia

O cão de quinta dinamarquês e sueco é uma raça de cão de pequeno a médio porte, originária da Dinamarca e da Suécia. Com o seu aspeto compacto e temperamento corajoso, são cães versáteis e amigáveis. São excelentes trabalhadores nas quintas e companheiros leais em casa.

Detalhes gerais

A raça é de tamanho médio, pesando entre 7 e 9 quilos. A altura nos machos é de 34 a 37 centímetros, e nas fêmeas varia entre 32 e 35 centímetros. A esperança de vida da raça é de 11 a 13 anos. O Cão de Campo Dinamarquês e Sueco pertence ao Grupo 2 da Fédération Cynologique Internationale (FCI), que inclui cães do tipo Pinscher e Schnauzer, Molosser, cães do tipo montanha e Cães de Gado Suíço.

Breve história da raça

O cão de quinta dinamarquês e sueco é uma raça de cães originária da Dinamarca e da Suécia, cujas origens remontam aos cães de quinta e aos caçadores de ratos das zonas rurais. Estes cães desempenharam um papel crucial na proteção das explorações agrícolas e no controlo das pragas de roedores. O cão de quinta dinamarquês e sueco, também conhecido como Dansk-Svensk Gårdshund, tem uma história enraizada no seu papel de cão de quinta na Dinamarca e na Suécia. O seu temperamento corajoso e alerta é um reflexo do seu antigo papel na proteção das quintas e no controlo de pragas. Embora a sua história esteja centrada no seu trabalho agrícola, hoje em dia também são valorizados como cães de companhia devido à sua natureza afectuosa e sociável.

Características da raça

O cão de quinta dinamarquês e sueco é uma raça de cão de pequeno a médio porte, compacta e bem proporcionada. Tem uma cabeça de forma triangular, com um crânio ligeiramente abobadado e um focinho moderadamente longo. As orelhas são altas e erectas e os olhos são escuros e redondos. A cauda é de comprimento médio, alta e curvada para cima quando em movimento. Em termos de pelagem, o cão de quinta dinamarquês e sueco tem um pelo curto, denso e resistente às intempéries. A sua coloração predominante é o branco com marcas pretas ou castanhas. O Cão de Campo Dinamarquês e Sueco é conhecido por ser um cão ativo, alerta e afetuoso. São também muito trabalhadores e têm um forte instinto de caça, o que os torna excelentes para a vida nas quintas e como cães de companhia em ambientes rurais. São cães sociáveis e dão-se bem com outros animais e pessoas.

Doenças comuns

O cão de quinta dinamarquês e sueco, com cuidados e atenção óptimos, pode desfrutar de uma vida longa e saudável, embora esteja predisposto a determinados problemas de saúde. Entre as doenças ou perturbações mais comuns contam-se a luxação do ombro, a subluxação do cotovelo, a catarata, o entrópio, o glaucoma, a displasia da anca, o hipotiroidismo, a doença do disco intervertebral, a luxação da patela e a persistência da membrana pupilar.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava