Basenji

O Basenji é uma raça originária da África Central, onde foi criado para caçar pequenos animais. Apesar do seu tamanho, destaca-se pela sua velocidade e resistência. Uma das características da raça é a sua cauda encaracolada, colocada junto ao dorso.

Detalhes gerais

Os cães desta raça são de tamanho pequeno a médio e de aparência leve. O peso varia entre os 10 e os 11 quilogramas, enquanto a altura nos machos é de 43 centímetros e nas fêmeas de 41 centímetros. A esperança de vida desta raça é de 13 a 14 anos. Pertencem ao grupo 5 da Fédération Cynologique Internationale (FCI), que agrupa os Spitz e os cães de tipo primitivo.

Breve história da raça

O Basenji é uma raça originária da África Central, onde foi criado para caçar pequenos animais, como esquilos e pássaros. Em alguns casos, também actuava como cão de guarda. O Basenji é uma das raças mais antigas reconhecidas pelo American Kennel Club (AKC) e foi introduzida no mundo ocidental no final do século XIX, tendo ganho grande popularidade na Europa e nos Estados Unidos. Hoje em dia, em algumas partes de África, os Basenji ainda são utilizados para a caça, mas também são considerados bons animais de estimação devido à sua natureza afectuosa e à sua reduzida necessidade de cuidados.

Características da raça

A raça Basenji apresenta um aspeto aristocrático. Um grande número de rugas finas é visto na testa quando o cão levanta as orelhas. As rugas são mais predominantes nos cachorros. Além disso, os olhos são escuros, amendoados e oblíquos, enquanto as orelhas são pequenas, erectas e pontiagudas. A cauda é alta, enrolada e apertada sobre o dorso. A pelagem da raça é curta, fina e lisa e de textura brilhante. A coloração pode ser preta, vermelha, tigrada ou tricolor, bem como manchas brancas no peito, nas patas e na ponta da cauda. Os cães desta raça são carateristicamente inteligentes e afectuosos, embora possam ser reservados com estranhos. Mesmo assim, é um cão independente e atento. Uma das suas características únicas é o facto de, tal como os gatos, se limparem a si próprios, pelo que o seu pelo requer um cuidado mínimo. Também são conhecidos pelas suas vocalizações distintivas do tipo chilrear.

Doenças comuns

A raça é geralmente saudável se for mantida ativa, mas pode ainda ser propensa a certos problemas de saúde, como cataratas, distrofia da córnea, síndrome de Fanconi, displasia da anca, atrofia progressiva da retina, deficiência de piruvato quinase, displasia da retina, membrana pupilar persistente e enteropatia imunoproliferativa.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

O teste de ADN que procurava