Lipofuscinoses ceroides neuronais 8 (gene CLN8, Setter inglês)

A lipofuscinose ceroide neuronal 8 (NCL8) é uma doença neurodegenerativa rara que foi identificada em algumas raças de cães, incluindo o Setter Inglês. Esta doença é causada por mutações no gene CLN8, que produz uma proteína envolvida no transporte de lípidos e na função lisossómica.

Sintomas

Os cães afectados pelo LCN8 apresentam normalmente sintomas neurológicos progressivos desde uma idade precoce, entre os 14 e os 18 meses. Ocorre frequentemente uma perda progressiva da visão, falta de coordenação muscular e uma marcha anormalmente rígida. Poucos meses após o início da doença, ocorrem convulsões, que podem ser letais, e a maioria dos cães afectados não vive mais de dois anos.

Gestão da doença

Atualmente, não existe cura para a LCN8 e o tratamento centra-se na gestão dos sintomas. Devido à gravidade da doença, recorre-se frequentemente à eutanásia.

Base genética

Esta doença segue um modo de hereditariedade autossómica recessiva, o que significa que o cão, independentemente do sexo, tem de receber duas cópias da mutação ou variante patogénica para estar em risco de desenvolver a doença. Ambos os pais de um cão afetado devem ser portadores de pelo menos uma cópia da mutação. Os animais portadores de apenas uma cópia da mutação não correm um risco acrescido de desenvolver a doença, mas podem transmitir a mutação às gerações futuras. Não se recomenda o cruzamento entre cães portadores de variantes genéticas que possam causar doença, mesmo que não apresentem sintomas.

Relatório técnico

As lipofuscinoses ceróides neuronais (LCN) são doenças de armazenamento lisossómico caracterizadas pela acumulação de grânulos de lipofuscina fluorescente nos lisossomas dos neurónios, resultando na morte neuronal precoce e na neurodegeneração progressiva do sistema nervoso central. A variante que causa este tipo de lipofuscinose em Setters ingleses é a c.491T>C do gene CLN8, que codifica uma proteína transmembranar do retículo endoplasmático e possivelmente medeia o transporte com o aparelho de Golgi. A função desta proteína não é bem conhecida, mas pensa-se que desempenha um papel na síntese e no transporte de lípidos, tendo sido demonstrado que as mutações no CLN8 podem afetar os níveis de determinados lípidos no cérebro, como os esfingolípidos e os fosfolípidos.

As raças mais afectadas

  • Pastor australiano
  • Pointer alemão de pelo curto
  • Saluki
  • Setter inglês

Bibliografia

Katz ML, Khan S, Awano T,et al. A mutation in the CLN8 gene in English Setter dogs with neuronal ceroid-lipofuscinosis. Biochem Biophys Res Commun. 2005 Feb 11;327(2):541-7.

Ainda não conheces a verdadeira natureza do teu cão?

Desvende os segredos do ADN do seu animal de estimação com as nossas duas gamas.

starter

Raças + Traços físicos

advanced

Saúde + Raças + Traços físicos

Promoção Dia do DNA

Só até 25 de Abril

-15% nos nossos testes de ADN para cães

Utilize o nosso código DNA15